Região Sudeste

É a mais região mais povoada do Brasil com quase 85 milhões de pessoas

A Região Sudeste é composta pelos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo, que de acordo com dados do Censo Demográfico realizado em 2013 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) juntos formam a região mais populosa e povoada do país, com aproximadamente 85 milhões de habitantes.

Possui um território de aproximadamente 924 620,678 km², que corresponde a 10,85% do território brasileiro.

A região possui a segunda maior qualidade de vida do país, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de 0,753; possuindo quinze das vintes cidades mais bem ranqueadas, entre elas: São Caetano do Sul (SP), Vitória (ES), São Paulo (SP) e Niterói (RJ).

Aproximadamente 93% da população dessa região vive nas áreas urbanas, e as taxas de alfabetização, são elevadas. Porém, devido à grande concentração populacional, os estados passam por diversos problemas urbanos como déficit de moradia, violência urbana, engarrafamentos, poluição, etc.

Clima

O clima da Região Sudeste é tropical, entre temperado e quente, com grandes variações locais.

Nas áreas mais próximas ao litoral e nos estados do Espírito Santo e Rio de Janeiro o clima predominante é o tropical atlântico, com uma grande influência da umidade vinda do Oceano Atlântico. As temperaturas são altas no verão, com máxima de até 40°C, e aprazível no inverno com média de 20º C.

No planalto o clima é o tropical de altitude, mais comum nas regiões elevadas do sudeste como é o caso de São Paulo e Minas Gerais. Nesses locais as temperaturas são mais baixas com chuvas concentradas no verão. Já o sul do estado de São Paulo sofre influência do clima subtropical, pois é cortada pelo tópico de capricórnio.

Relevo

O relevo é acidentado, ou seja, com uma grande variação de altitude que pode variar de 500 a 1200 metros. No entanto, possui uma predominância de planaltos com destaque para as serras da Mantiqueira, do Mar, do Espinhaço e a Serra Geral.

O relevo da Região Sudeste possui planície litorânea atlântica no Espirito Santo e Rio de Janeiro, sendo Minas Gerais o único estado a não possuir litoral. Já o estado de São Paulo possui a maior parte do seu território sobre os planaltos.

Região Sudeste - Pico da Bandeira
O Pico da Bandeira é o ponto mais alto do Sudeste. (Foto: Wikipédia)

Vegetação

Possui uma vegetação rasteira e rara em alguns lugares, em outros, exibe florestas tropicais úmidas. Demais vegetais da Região Sudeste:

  • Florestas tropicaisA maior parte da vegetação da Região Sudeste é formada pela Mata Atlântica, com grandes arbustos. Embora a Mata Atlântica seja a área com a maior biodiversidade do mundo, ela também vem sendo desmatado a cada ano pela urbanização, devido a extração de madeira, o aumento da cultura da laranja, da cana-de-açúcar e soja. Esse é um dos biomas do mundo mais devastados.
  • Cerrado – Está situado em alguns lugares do interior de São Paulo e em grande parte do estado de Minas Gerais. Assim como a Mata Atlântica, o Cerrado também vem sendo devastado a urbanização.
  • Caatinga – Está presente na parte norte de Minas Gerais nas áreas que apresentam clima tropical semiárido.
  • CamposComuns no sul de São Paulo e nas regiões serranas, como é o caso de Campos do Jordão e Serra da Mantiqueira.
  • Mangues e Restingas – Estão localizados predominantemente no litoral sudeste.

Hidrografia

A hidrografia da Região Sudeste, devido as suas características, é uma das mais importantes. Possui pontos onde nascem as grandes bacias hidrográficas, entre elas:

  • Bacia do Paraná

O principal rio é formado pela união dos rios Grande e Paranaíba. É onde está localizada algumas das maiores hidroelétricas do Brasil, tanto no rio Paraná (Urubupungá e Itaipu) como nos rios Paranaíba (Cachoeira Dourada e São Simão) e Grande (Furnas e Volta Grande). 

  • Bacia do São Francisco

O rio principal nasce no estado de Minas Gerais, na serra da Canastra, atravessando o estado da Bahia até chegar em Pernambuco, Alagoas e Sergipe, no Nordeste. Recebendo alguns grandes afluentes e outros menores que chegam inclusive a secar. No seu alto curso, que tem a nascente em Pirapora (Minas Gerais), o São Francisco é desnivelado, tornando a navegação inviável, oferecendo, por outro lado, alto potencial hidrelétrico.

A Usina Hidrelétrica de Três Marias foi construída a fim de regularizar o curso do rio, além de fornecer energia elétrica e ampliar seu trecho navegável por meio de comportas que fazem subir o nível das águas. Já no médio curso, que vai de Pirapora a Juazeiro, na Bahia, o rio é inteiramente navegável. O baixo curso do São Francisco localiza-se integralmente na Região Nordeste.

  • Bacias do Leste

Formam um conjunto de bacias secundárias de diversos rios que descem das serras litorâneas para o Atlântico, merecendo destaque as bacias dos rios Pardo, Rio Doce e Jequitinhonha, em Minas Gerais; e Paraíba do Sul, em São Paulo e Rio de Janeiro.

  • Bacias do Sudeste-Sul

A Região Sudeste é drenada também por estas bacias, destacando-se a do rio Ribeira do Iguapé, no estado de São Paulo.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

RIBEIRO, Lohana. Região Sudeste; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/regiao-sudeste >. Acesso em 28 de outubro de 2019 às 14:23.

Copiar referência

Outros Artigos de Geografia

As Cataratas do Iguaçu é uma das mais exuberantes belezas naturais da bacia Platina.

Bacia Platina

A Bacia Platina, também chamada de bacia do rio da […]

A bandeira do Chile representa o país internacionalmente.

Bandeira do Chile

A Bandeira do Chile possui duas listras de igual tamanho, […]

Bacia Hidrográfica do Atlântico Leste

A Bacia Hidrográfica do Atlântico Leste está entre as doze […]

A folha de bordo compõe a bandeira do Canadá.

Bandeira do Canadá

A Bandeira do Canadá é formada por uma tribanda de […]