Regiões brasileiras

As grandes divisões do território do país

As regiões brasileiras foram definidas em 1940, pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), quando, na época, eram divididas entre Norte, Nordeste, Este, Centro e Sul.

Já em 1945, uma outra divisão foi feita de acordo com as questões naturais como a vegetação, clima, relevo, além de fatores econômicos, ficando assim definidas como: Norte, Nordeste Ocidental, Nordeste Oriental, Leste Setentrional, Leste Meridional, Centro-Oeste e Sul.

Regiões Brasileiras
As regiões brasileiras são divididas por cinco áreas diferentes e seus 26 estados, além do Distrito Federal. (Imagem: Wikipédia)

Foi então que o território brasileiro passou por diversas mudanças, houve a criação de novos estados, além do aumento da industrialização, sendo assim, uma nova divisão foi feita. Mais precisamente em 1970, as regiões brasileiras ficaram dividas como:

O que resultou nessa atual divisão foram as questões naturais, sociais e econômicas.

Divisões das regiões brasileiras

Região Norte

Possuindo a maior área em extensão territorial do país, a região Norte possui aproximadamente 3.870.000 km², que corresponde a 45% do Brasil. De acordo com o censo demográfico de 2016, o Norte possui uma região de cerca de 17.800.000 habitantes.

É formada por sete estados e suas respectivas capitais, sendo estes:

Estados Capitais
Amazonas Manaus
Roraima Boa Vista
Amapá Macapá
Pará Belém
Tocantins Palmas
Rondônia Porto Velho
Acre Rio Branco

Suas maiores e principais cidades são Manaus e Belém, as únicas que possuem população superior a um milhão de habitantes, sendo 2,1 milhões de habitantes e 1,4 milhões de habitantes, respectivamente.

Essa região possui um maior número de pessoas que se identificam como indígenas. É cercada pela Floresta Amazônica, bem como pela maior bacia hidrográfica do país, a Bacia Amazonas.

Região Nordeste

Em comparação com as outras regiões brasileiras, tem a segunda maior população, com cerca de 56.900.00 habitantes, o terceiro maior território, com aproximadamente 1.600.000 km² e o segundo maior colégio eleitoral, com 36 727 931 eleitores, segundo censo de 2010.

A região é formada por nove estados e suas seguintes capitais:

Estados Capitais
Alagoas Maceió
Bahia Salvador
Ceará Fortaleza
Maranhão São Luís
Paraíba João Pessoa
Pernambuco Recife
Piauí Teresina
Rio Grande do Norte     Natal
Sergipe Aracaju

A Região Nordeste é conhecida pelo tempo ensolarado e clima ameno, mantendo a temperatura média entre 20° e 28° C. Entre as vegetações mais importantes estão: Mata Atlântica, Mata dos Cocais, Cerrado, Caatinga, Vegetações Litorâneas e matas ciliares.  

Ela corresponde a cerca de 30% da população brasileira. Suas maiores cidades são Salvador, Recife, Fortaleza, Natal, Teresina e Maceió.

Região Centro-Oeste

Com uma extensão territorial de aproximadamente 1.612.000 km² e uma população com cerca de 15.700.000 habitantes, a região Centro-Oeste ocupa 18,86% do território brasileiro. Nela, fica localizada a capital do país, o Distrito Federal, onde se encontra os poderes executivo, legislativo e judiciário.

O clima dessa região é o tropical, quente e chuvoso, sempre presente nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás. A característica mais marcante deste clima quente é a presença de um verão chuvoso, entre os meses de outubro a abril, e um inverno seco, entre os meses de maio a setembro.

A região é formada por três estados e suas seguintes capitais:

Estados  Capitais
Mato Grosso Cuiabá
Mato Grosso do Sul Campo Grande
Goiás Goiânia

A hidrografia da região é drenada por vários rios que formam três bacias importantes que são: Bacia Amazônica; Bacia do Tocantins-Araguaia; Bacia Platina.

Região Sudeste

A região sudoeste é a maior em número populacional, com cerca de 86.400.00 habitantes, em um território de aproximadamente 927.000 km².  É conhecida como um grande polo industrial do país, sendo um centro urbano que consequentemente possui problemas sociais em virtude do crescimento acelerado das cidades.

A região é formada por quatro estados e suas seguintes capitais:

Estados Capitais
Espírito Santo Vitória
Minas Gerais Belo Horizonte
Rio de Janeiro Rio de Janeiro
São Paulo São Paulo

A grande expansão das cidades foi um dos fatores que levaram ao desmatamento em massa da Mata Atlântica, vegetação nativa presente em maior parte na região.

A região possui o maior Produto Interno Bruto (PIB) bem como as duas cidades mais populosas do Brasil: São Paulo, com pouco mais de 11 milhões de habitantes e Rio de Janeiro com cerca de 6 milhões.

Região Sul

Composta por uma população de aproximadamente 29.500.000 habitantes, a região Sul possui uma extensão territorial de cerca de 576.773.338 km². Ela é considerada a menor região país tanto em tamanho, quanto em número de estados.

A sua economia é derivada das atividades agrícolas, e tem o segundo mais PIB do país. Diferente das demais regiões brasileiras, se encontra geograficamente abaixo do trópico de capricórnio, o que resulta em ter um clima subtropical.

Estados Capitais
Paraná Curitiba
Santa Catarina Florianópolis
Rio Grande do Sul Porto Alegre

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

BARBOSA, Elson. Regiões brasileiras; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/regioes-brasileiras >. Acesso em 29 de janeiro de 2020 às 22:01.

Copiar referência

Outros Artigos de Geografia

As águas do mar de Bering são extremamentes geladas.

Mar de Bering

O Mar de Bering tem um formato triangular e fica […]

Capitalismo Informacional

O Capitalismo Informacional teve o seu conceito apresentado na obra […]

O canal do Panamá liga o Oceano Atlântico ao Oceano Pacífico.

Canal do Panamá

O Canal do Panamá situado no Panamá, país mais meridional […]

O canal de Suez é uma importante hidrovia para a região do Egito.

Canal de Suez

O Canal de Suez é uma via navegável, artificial e […]