Resistores

São componentes que transformam energia elétrica em térmica

Os resistores são dispositivos elétricos encontrados em diversos aparelhos eletrônicos como, por exemplo, televisores, chuveiros, rádios, computadores, ferros de passar roupa, lâmpadas e amplificadores.

Um resistor pode ser definido como sendo um dispositivo eletrônico que tem a função de transformar a energia elétrica em energia térmica por meio do efeito joule. Ele também limita a quantidade de corrente elétrica em um circuito, ou seja, oferece resistência à passagem de elétrons.

Os resistores são fabricados basicamente de carbono, podendo apresentar resistência fixa, com o valor constante ou com o valor alterável.

Os resistores também são chamados de resistência elétrica. Esse dispositivo foi descoberto por Georg Simon Ohm, um importante físico e matemático alemão responsável por definir o conceito de resistência elétrica e as diferenças entre a eletricidade térmica e a galvânica.

Georg Ohm foi responsável por criar as duas leis que definem as relações entre os resistores e a resistência elétrica. Essas leis são chamadas de Leis de Ohm.

 

Os resistores são aparelhos relativamente pequenos
Os resistores são encontrados em diversos aparelhos domésticos. (Foto: Wikipédia)

Associação dos Resistores

Os resistores estão presentes dentro dos circuitos elétricos. Dentro desses circuitos, os resistores podem ser classificados em três associações diferentes. São elas: associação em paralelo, associação em série e associação mista.

 Os resistores se organizam e se associam de formas distintas para possibilitar diferentes valores de resistência elétrica.  

Veja abaixo a definição das associações:

  • Associação em paralelo:

Na associação em paralelo, os resistores são formados pela mesma diferença de potencial. Eles são posicionados um em cima do outro.Os ramos do circuito dividem a corrente elétrica.

A fórmula usada para calcular essa associação é a seguinte:

RT= 1/(1/R1 + 1/R2 + 1/Rn)

  •  Associação em série:

Diferente da associação em paralelo, na associação em série os resistores que compõe um circuito são posicionados um do lado do outro, em sequência.

Neste tipo de associação, a tensão elétrica é variável no percurso do circuito, mas a corrente elétrica permanece a mesma.

Para calcular o valor é preciso somar todas resistências que compõem o circuito. A fórmula usada para calcular essa associação é a seguinte:

RT= R1+R2+R3+R4+R5+…Rn

  • Associação mista:

A associação mista é formada pelos dois tipos anteriores. Ou seja, para calcular o seu valor é preciso usar o valor dos resistores da associação em paralelo e os resistores da associação em série.

Determinado esses dois valores de forma separada, basta somá-los para encontrar o resultado.

Tipos de Resistores

Os resistores podem ser divididos entre fixos e variáveis. Os fixos podem ser formados por filmes de carbono, de precisão, entres outros. Já os variáveis podem ser os potenciômetros, LDR ou NTC, entre outros.

É importante destacar que os resistores variáveis são modificados manualmente.

As Leis de Ohm

Existem duas leis que definem as relações dos resistores e a resistência elétrica, que são a primeira e a segunda Lei de Ohm. Veja abaixo a definição de cada uma delas:

Primeira de Lei de Ohm

A primeira Lei de Ohm define que todo condutor ôhmico (de resistência constante) tem uma mesma resistência elétrica quando mantido a uma temperatura constante. Isso acontece porque, segundo Ohm, a intensidade de uma corrente elétrica sempre será proporcional à diferença de potencial colocado nas suas extremidades.

Essa lei é representada por duas fórmulas:

Fórmula da primeira Lei de Ohm
Versão 1 da Primeira Lei de Ohm.

ou 

Fórmula da primeira Lei Ohm
Versão 2 da Primeira Lei de Ohm.

Nestas duas fórmulas, a letra “R” em maiúscula representa a resistência, medida em Ohm, a letra “U” representa a diferença de potencial elétrico, que é medida em Volts, e a letra “I” representa a intensidade da corrente elétrica, que é medida em Ampére.

Segunda de Lei de Ohm

A segunda Lei de Ohm define que toda resistência elétrica de um determinado material é sempre inversamente proporcional a área de secção transversal e é diretamente proporcional ao seu tamanho (comprimento).

Veja abaixo a fórmula que representa essa lei:

Fórmula da segunda lei de Ohm
Fórmula da Segunda Lei de Ohm.

Nestas fórmulas, o elemento “ρ” representa a resistividade do condutor (essa resistividade depende do tipo de material e qual a sua temperatura), a letra “R” em maiúscula simboliza a resistência, a letra “L” representa o tamanho (comprimento) e a letra “A” representa o valor da área de secção transversal.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Maria Azevedo, Amanda. Resistores; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/resistores >. Acesso em 28 de outubro de 2019 às 22:16.

Copiar referência

Outros Artigos de Física

Alicate feito com isolantes e condutores de energia.

Condutores e isolantes

Os materiais condutores e isolantes fazem parte do estudo da […]

Panela no fogão

Condução térmica

A condução térmica é o processo de transferência de calor […]

Modelo atômico.

Carga Elétrica

A carga elétrica é uma propriedade das partículas que estabelece […]

Capacitores

Associação de capacitores

A associação de capacitores é a combinação de vários capacitores […]