Revolução Russa

Uma sequência de eventos políticos na Rússia de 1917

A Revolução Russa foi uma série de conflitos que derrubou o império russo e levou ao poder o Partido Bolchevique, de Vladimir Lenin. Os conflitos tiveram início em 1917. Recém-industrializada e sofrendo com os efeitos da primeira guerra mundial, a Rússia tinha um grande número de operários e camponeses trabalhando muito e ganhando pouco.

Além disso, o povo estava insatisfeito com o governo de absolutista de czar Nicolau II e queria uma liderança menos opressora e mais democrática. A junção desses fatores provocou as manifestações populares, as quais fizeram o monarca renunciar. Ao final desse processo, deu-se origem a União Soviética.

czar Nicolau II foi um dos ícones da Revolução Russa
czar Nicolau II e família. (Foto: Wikipédia)

Causas da Revolução Russa

As ações promovidas por czar Alexandre II (1855-1881) como a abolição da servidão, que ocorreu em 1961, e a reforma agrária, não adiantou para amenizar as tensões.

O regime czarista controlava qualquer tipo de oposição. A Ochrana – polícia secreta do regime – controlava o ensino secundário, universidades, a imprensa e os tribunais.

Milhares de pessoas, condenadas por crimes políticos, eram enviadas ao exílio na Sibéria. Capitalistas e latifundiários tinham o domínio sobre os trabalhadores das zonas urbanas e rurais.

Durante o governo de czar Nicolau II (1894-1917), a Rússia acelerou seu processo de industrialização associada ao capital estrangeiro, com isso os operários passaram a se concentrar nos grandes centros industriais como Moscou e Petrogrado.

Entretanto, a fome, o desemprego e a diminuição dos salários fez com que as condições de vida piorassem. O capital estava concentrado nas mãos dos banqueiros e dos grandes empresários, com isso nem a burguesia era beneficiada.

A oposição ao governo só crescia. Os partidos perseguidos passaram a atuar de forma ilegal, como o Partido Social Democrata. Os líderes do partido, Plekhanov e Lenin, não podiam viver na Rússia por causa das perseguições políticas.

 As diferenças de opinião separaram o partido, que se dividiu em duas tendências:

  • Bolcheviques

Os bolcheviques eram formados pela a maioria do antigo Partido Operário SocialDemocrata Russo. Sob o comando de Vladimir Lenin, várias lideranças políticas influenciadas por ideais revolucionários e com interesse em acabar com as regras impostas pelo governo vigente, através de uma ampla reforma na sociedade russa ficaram em torno do Partido Bolchevique.

Os bolcheviques queriam uma mudança radical de política para o povo, defendendo até uma revolução socialista armada, caso fosse necessário.

  • Mencheviques

Eram denominados “mencheviques”, por ser a minoria de um partido político russo, do início do século XX, com tendências revolucionárias moderadas e que era contra os Bolcheviques (maioria).

Diferente dos bolcheviques, os mencheviques queriam uma revolução moderada, permitindo primeiro a democracia e o desenvolvimento do capitalismo para depois implantar o socialismo.

Consequências da Revolução Russa

A Revolução Russa ocorreu em 1917 e não foi uma revolta comum. A Revolução Russa envolveu vários conflitos que surgiram na proporção em que as mudanças no regime foram acontecendo, como a revolta do povo contra o imperador por causa de melhores condições de vida.

A Rússia esteve presente em diversos conflitos.  A cada batalha terminada, a economia do país se encontrava ainda mais desestruturada. Após discordâncias com a Inglaterra, França e Turquia, Czar tomou algumas medidas para aliviar as condições precárias. 

As medidas tomadas por Czar fez com que a economia crescesse, fazendo do país um exportador de grãos e, assim, favorecendo a população. Mesmo com o empenho, outras áreas haviam sido atingidas: o número de desempregados era alto e a produção agrícola baixa. Por causa disso, a população ficou revoltada. Moradores da cidade e do campo já não tinham ocupação perante um regime absoluto.

A maioria da população não concordava com os conceitos de socialismo que haviam sido deixados por Karl Marx. Dessa forma, já não suportavam serem governados por um imperador que controlava a população e quase não oferecia benefícios.

Uma população revoltada e insatisfeita com seu gestor é sinônimo de revolução e foi assim que aconteceu com Czar, que foi deposto.

Protagonistas da Revolução Russa

  • Czar Alexandre II

Alexandre II nasceu em Moscou no dia 29 de abril de 1818 e faleceu em 13 de Março de 1981, em São Petersburgo.  Ele foi apelidado de “o Libertador” pela Reforma Emancipadora de 1861, foi o Imperador da Rússia de 1855 até seu assassinato. Era o filho mais velho do imperador Nicolau I e sua esposa a princesa Carlota da Prússia.

Ficou conhecido por suas reformas liberais e modernizantes, momentos em que procurou renovar a fragilizada sociedade russa. Em 19 de fevereiro de 1861, decretou o fim da servidão na Rússia, libertando mais de 22 milhões de camponeses servos.

czar Alexander II protagonista da Revolução Russa
czar Alexandre II. (Foto: Wikimedia Commons)
  • czar Nicolau II

Filho de Alexandre III governou desde a morte do seu pai, em Novembro de 1894, até sua renúncia em Março de 1917. Ao longo do seu reinado, a Rússia declinou de potência mundial para um desastroso sistema econômico e militar. “O sanguinário”, assim ele foi apelidado pelos críticos devido à tragédia Khodynka, Domingo Sangrento e outros eventos que aconteceram durante seu reinado. Como chefe de estado, aprovou a mobilização de agosto em 1914, que marcou o passo fatal rumo à Primeira Guerra Mundial.

  • Vladimir Lenin

Lenin foi um revolucionário russo e um dos principais nomes da Revolução Russa, ocorrida em de 1917. Líder do partido comunista, sua ideologia influenciou pessoas ao redor do mundo. Vladimir Ilyitch Ulianov nasceu em Simbirsk, na Rússia, em 1870. Desde jovem teve contato com ideologias políticas, influenciado por seu irmão Alexandre Uilánov.

O irmão de Lênin integrou um grupo de extrema esquerda chamado Pervomartovtsi, responsável pela tentativa de assassinato do czar Alexandre III. O irmão de Lenin, Alexandre Uilánov, foi preso com o restante do grupo, posteriormente sendo condenado à morte, quando Lenin tinha apenas 17 anos.

A morte do irmão deixou Lenin impressionado e convencido de que o anarquismo não era a melhor alternativa para derrubar o czarismo na Rússia. Lenin estabeleceu sua ideologia, acreditando e seguindo o marxismo, passando a combater os populistas.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

, . Revolução Russa; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/revolucao-russa >. Acesso em 23 de setembro de 2020 às 17:25.

Copiar referência

Outros Artigos de História

Ciclo do Pau-Brasil

O Ciclo do Pau-Brasil foi um período histórico da nação […]

Ciclo do ouro, um dos ciclos importantes do Brasil.

Ciclo do Ouro

O Ciclo do Ouro também era chamado de “ciclo da […]

Um dos ciclos econômicos do Brasil, foi o ciclo do café.

Ciclo do Café

O Ciclo do Café foi a atividade econômica mais importante […]

Ciclo do Algodão no Brasil

O Ciclo do Algodão no Brasil aconteceu entre a segunda […]