Segunda Guerra Mundial

De 1939 a 1945

A Segunda Guerra Mundial foi um movimento bélico, que teve início com a invasão da Polônia pela Alemanha no dia 1 de setembro de 1939. Contudo, os motivos que levaram aos conflitos foram os acontecimentos herdados ainda na Primeira Guerra Mundial.

Ao todo, a luta causou a morte de mais de 60 milhões de pessoas, sobretudo, de Judeus, envolveu mais de mais de 30 países e teve a duração de longos 6 anos (de 1939 a 1945). Para compreender melhor os motivos que desencadearam a Segunda Guerra Mundial, é preciso saber em que contexto ela aconteceu.

Contexto histórico

Após o fim da Primeira Guerra Mundial (1914-1918), houve um fato que marcou a história dos países envolvidos no conflito: a imposição do Tratado de Versalhes. O documento consistiu em um “Tratado de Paz”, que impôs fortes restrições e punições aos países derrotados.

Contudo, a Alemanha, que não estava presente no momento da Convenção, foi forçada a aceitar todas as responsabilidades que levaram ao desencadeamento da Primeira Guerra Mundial.

Diante disso, o país perdeu parte do seu território (inclusive a região do corredor polonês) e foi obrigada a devolver para a França a região da Alsácia-Lorena. Ainda nesse contexto, a Alemanha reduziu a quantidade do seu exército e  teve que pagar os prejuízos deixados pelos países vencedores da guerra.

Essa situação incomodou tanto os alemães que, envolvidos por um sentimento de raiva e humilhação, já haviam perdido as esperanças com o sistema político da época (Liberalismo). Mas, movidos pelos desejo de mudança, abriram espaço para que o Nazismo tivesse a sua ascensão.

O Nazismo foi um regime político e totalitário liderado por Adolf Hitler. Ele defendia ideais extremistas que disseminavam o autoritarismo e o preconceito. O objetivo do governo era unir todos os povos germânicos em um único reino, o chamado Grand Reich.

Com Hitler no poder, a intenção inicial da Alemanha era expandir o seu território e retomar os que foram perdidos na Primeira Guerra Mundial. Nesse momento, tanto a Alemanha quanto a Itália (Fascismo) estavam passando por dificuldades econômicas após a quebra da bolsa de valores em Nova Iorque, em 1929.

Ambas as potências mundiais tomaram a decisão da criação de indústrias de armamentos e equipamentos bélicos, como aviões, navios, tanques e etc. Na Ásia, o Japão tinha o mesmo desejo: expandir seus domínios para territórios vizinhos e ilhas da região.

Com isso, esses três países – que partilhavam do mesmo objetivo expansionista – resolveram se unir e formaram o chamado “Eixo”,uma aliança marcada por fortes características militares e planos de conquistas elaborados em comum acordo. 

Causas da Segunda Guerra Mundial

O primeiro plano da Alemanha foi também o acontecimento que marcou o início da Segunda Guerra Mundial: A invasão da Polônia, em 1 de setembro de 1939. Com isso, a Inglaterra, temendo que novas invasões acontecessem, declarou guerra a Alemanha.

Segunda Guerra Mundial e a invasão a Polônia
Invasão a Polônia, marco inicial da Segunda Guerra Mundial. (Foto: Wikipedia)

Os Estados Unidos resolveram apoiar o território inglês após um ataque japonês em sua base naval no Havaí (Pearl Harbor). Junto a ele, outros países movidos por vinganças e interesses em comum formaram a base dos “Aliados”, composta pela França, Estados Unidos, Grã Bretanha, União Soviética e a Inglaterra.

No início, a vitória pertencia às potências que formavam o Eixo. Após a invasão polonesa, na tentativa de acabar com as incursões de Adolf Hitler, os governos da França e Grã-Bretanha criaram bloqueios econômicos contra a Alemanha. Porém, não chegaram a um conflito direto.

A Alemanha, por outro lado,  realizou em 1940 uma batalha que resultou em ataques terrestres, aéreos e navais para ocupar a Dinamarca. O Japão anexou a Manchúria (extremo leste da China), enquanto a Itália conquistou a Albânia e territórios da Líbia.

Em seguida, a Alemanha invadiu a França, a Inglaterra, e começou uma guerra contra a Grã Bretanha, que conseguiu neutralizar as ações da potência dentro do seu território. Mas, ainda assim, a Alemanha não desistiu do plano de isolar o território inglês.

Somado a isso, em 1941, Hitler não respeitou o pacto que impedia a agressão contra a União Soviética, proposto no Tratado de Versalhes, e avançou sobre o país. No mesmo ano a Alemanha conseguiu ocupar a Grã Bretanha, a Iugoslávia e a Grécia.

Participação do Brasil

A participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial aconteceu em 1942, por meio da FBE (Força Expedicionária Brasileira). Antes, o país manteve-se neutro e até tinha um bom relacionamento com a Alemanha. Mas, após um ataque aos navios brasileiros, Getúlio Vargas, presidente da época, resolveu ajudar os países Aliados e atuou junto ao exército americano na libertação da Itália.

Fim da guerra

Entre 1942 e 1943 aconteceu a Batalha de Stalingrado. Ela marcou o momento de êxito dos Aliados contra os ataques do Eixo. A batalha durou 199 dias, acabou com o mito da invencibilidade alemã e deixou milhares de soldados mortos.

Dois anos depois, o Dia D (6 de junho de 1944) marcou a vitória dos Aliados contra o Eixo. Na data, ocorreu o desembarque das tropas aliadas na Normandia (norte da França), resultando na redenção dos alemães e libertação da França.

Por fim, marcando de vez os conflitos causados pela Segunda Guerra Mundial, aconteceu o trágico ataque dos Estados Unidos contra o Japão. A potência mundial lançou sobre as cidades de Hiroshima e Nagasaki duas bombas atômicas, deixando milhares de vítimas fatais.

Segunda Guerra Mundial- Ataque as cidades japonesas
Cogumelo de fumaça provocado pelas explosões as cidades de Hiroshima e Nagasaki, no Japão. (Foto: Wikipedia)

A Segunda Guerra Mundial acabou definitivamente no dia 2 de setembro de 1945, marcada pela redenção das nações do Eixo. Mais tarde, os países vencedores levaram oficiais nazistas ao julgamento no Tribunal de Nuremberg, desenvolvido para esse fim, sob as acusações de crimes contra a humanidade.

Nesse mesmo ano houve a criação da Organização das Nações Unidas (ONU), com o objetivo de mediar conflitos entre países e evitar o desenvolvimento de novas guerras.

Consequências

Além dos milhares de mortos e a destruição material causada nos países envolvidos, a Segunda Guerra Mundial desencadeou uma série de consequências econômicas e geopolíticas no mundo. Entre elas, é possível citar:

  • A divisão do mundo entre Capitalismo (Estados Unidos) e Socialismo (URSS);
  • Holocausto, Maior genocídio da história, causando a morte de 6 milhões de judeus;
  • Custo de 1 trilhão e 385 bilhões de dólares em perdas monetárias;
  • Queda da produção industrial;
  • Aumento de problemas sociais, visto que os países tiveram que direcionar os investimentos aos reparos da guerra;
  • Início da Guerra Fria entre EUA e URSS.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

MENDONÇA, Camila. Segunda Guerra Mundial; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/segunda-guerra-mundial >. Acesso em 12 de dezembro de 2019 às 05:04.

Copiar referência

Outros Artigos de História

A China antiga tem uma história muito rica.

China Antiga

A China Antiga tem uma vasta contribuição para o desenvolvimento […]

Causas da Segunda Guerra Mundial

As Causas da Segunda Guerra Mundial formaram um conjunto de […]

Todas as causas da Revolução Industrial foram importantes para o desenvolvimento tecnológico.

Causas da Revolução Industrial

As Causas da Revolução Industrial foram eventos que promoveram muitas […]

Monumento em homenagem aos mortos pelas causas da Primeira Guerra Mundial.

Causas da Primeira Guerra Mundial

Uma das Causas da Primeira Guerra Mundial, a razão que […]