Tales de Mileto

Filósofo, matemático e astrônomo da Grécia Antiga

Tales de Mileto é considerado o primeiro filósofo da Grécia Ocidental, tendo se dedicado aos estudos da matemática, astronomia, engenharia. Além de ser apontado como um dos sete sábios da Grécia Antiga.

De origem fenícia, Tales nasceu em Mileto, antiga colônia grega, na Ásia Menor, território pertencente atualmente a Turquia, aproximadamente em 623 a 624 a. C.

Fundador da Escola Jônica, sempre considerou a água como substância que origina todas as coisas.

Seus seguidores, apesar de não ratificarem a teoria sobre a substância universal, sempre concordaram que existia um princípio único e fundamental para existência essencial de todo o universo.

imagem de Tales de Mileto
Tales de Mileto é considerado o primeiro filósofo da Grécia Ocidental. (Foto:Wikipédia)

Os discípulos mais conhecidos de Tales são Anaximandro de Mileto, que acreditava que os diversos “mundos” eram infinitos em suas intensas e infinitas inter-relações.

O outro em destaque na história é Anaxímenes de Mileto, defensor da teoria em que o ar seria a substância primária, e não a água, como acreditava Tales.

Sobre a teoria de criação e evolução das espécies e os primeiros pensamentos teórico-evolucionistas, Tales de Mileto acreditava que “o mundo evoluiu da água por processos naturais”, disse o matemático, cerca de 2460 anos antes de Charles Darwin.

Sendo este o maior pesquisador sobre as teorias evolucionistas de todos os tempos.

Na mesma linha de raciocínio sobre a evolução humana, Empédocles de Agrigento também afirmou: “Sobrevive aquele que está melhor adaptado”.

Conceito estudado até os dias atuais por estudantes de ensino médio, durante as aulas de biologia, sobre as teorias evolucionistas.

Precoce, Tales de Mileto foi o primeiro estudioso a explicar, em 585 a.C, as teorias sobre o eclipse solar, já tendo previsto este fenômeno no mesmo período.

A persistência do filósofo em estudar sobre as curiosidades da vida e da natureza fez com que ele tivesse as primeiras experiências com o magnetismo.

Fato que chamou muito atenção, visto que naquela fase as únicas percepções sobre magnetismo eram basicamente sobre a atração por objetos de ferro por um tipo específico de rocha de meteoro, encontrada na cidade de Magnésia, de onde deriva seu nome.

Fundação da Escola Jônica

Na cidade de Mileto, Tales fundou a Escola Jônica, uma das mais antigas escolas filosóficas. Seus integrantes explicavam a passagem do tempo, a cronologia, por meio da observação da natureza.

Por este motivo eram considerados adeptos da Filosofia Unitarista, pois se baseavam em um único princípio de fundamentação e evolução do universo.

Neste caso, para Tales, o elemento era a água.

Posteriormente, fez viagens para o Egito e Babilônia, disseminando seus conhecimentos e aprofundando outras pesquisas.

Ao lado dos seus primeiros admiradores, Anaximandro e Anaxímenes, fundou a “Escola de Mileto”, chamada de Milésima.

Os dois ficaram conhecidos como Milesianos e eram adeptos da ideologia de deuses antropomórficos, ou seja, atribuíam características de humanos aos deuses mitológicos.

Descobertas geométricas de Tales de Mileto

Nos estudos matemáticos, principalmente pautados na geometria, apresentou teorias com bases em observações e experimentos. As atribuições geométricas atribuídas a Tales de Mileto são:

  • Os ângulos formados na base de um triângulo isósceles são iguais
  • A partir do teorema, afirma-se que dois triângulos com dois ângulos e lados respectivamente iguais, então estes são iguais
  • Todo diâmetro divide um círculo em duas metades com medidas iguais
representação do teorema de Tales de Mileto
Teorema de Tales de Mileto. (Foto:Wikipédia)

Filosofia de Tales de Mileto

Os estudos filosóficos de Tales de Mileto se baseavam em três principais pilares defendidos pelo matemático:

  1. Tudo o que é conhecido na natureza é feito de água e o homem, como ser integrante deste meio, também é originário desse elemento primário
  2. Todas as coisas existentes, animadas ou inanimadas, são cheias de vida
  3. As mudanças e alterações que ocorrem naturalmente no meio ambiente se dão pela condensação e rarefação

Teorema de Tales

Por ser considerado um dos homens com maior senso crítico do período e disseminador de estudos da matemática, Tales de Mileto foi convidado a calcular as dimensões da Pirâmide Quéops, no Egito.

No intuito de realizar as medições a partir de métodos matemáticos, surgiu o que hoje é conhecido como Teorema de Tales.

Neste experimento, de estudo da geometria, entende-se que quando duas retas transversais cortam um conjunto de retas paralelas entre si, as medidas dos segmentos de retas nas transversais são diretamente proporcionais.

teorema de Tales de Mileto
Aplicação do Teorema de Tales de Mileto. (Foto:Wikipédia)

Frases ditas por Tales de Mileto

“A coisa mais difícil do mundo é conhecer a nós mesmos e a mais fácil, falar mal dos outros”

“A água é o princípio de todas as coisas”

“O ser mais antigo é Deus, porque não foi gerado”

“Todas as coisas estão cheias de deuses”

“A coisa mais bela é o mundo, porque é obra divina”

“A esperança é o único bem comum a todos os homens; aqueles que nada mais têm ainda a possuem”

 

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Neves, Juliete. Tales de Mileto; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/tales-de-mileto >. Acesso em 29 de janeiro de 2020 às 21:13.

Copiar referência

Outros Artigos de Matemática

O sistema da Blockchain possibilita o uso de Bitcoins no mundo todo.

Bitcoin

Bitcoin é uma criptomoeda utilizada em transações financeiras virtuais sem […]

Engenho de açúcar

Sistema Plantation

Sistema plantation é um sistema descendente do período colonial europeu […]

Colheita de plantação

Sistemas agrícolas

Os sistemas agrícolas formam o conjunto de atividades técnicas, econômicas […]

Setores da economia

Os setores da economia existem para medir o desenvolvimento econômico […]