Tsunami

Uma série de ondas gigantes

O tsunami é resultado de um grande deslocamento de água. Esse fenômeno ocorre com maior frequência no Oceano Pacífico.

Os tsunamis já deixaram dezenas de pessoas mortas ou feridas, além de milhares de desabrigados. Isso porque as ondas podem chegar às cidades costeiras com uma velocidade superior a 600 km.

destruição causada por um tsunami
Destruição deixada pelo tsunami. (Foto: Wikipédia)

Uma das causas principais do tsunami são os terremotos. Contudo, outros eventos como sismos, erupções vulcânicas, detonações de artefatos nucleares no mar e demais distúrbios acima ou abaixo da água, também têm o potencial para gerar esse maremoto.

 As grandes ondas dos tsunamis são resultado da ação gravitacional sobre a movimentação da massa de água. Elas podem chegar a trinta metros de altura e possuem um grande poder de destruição.

Etapas de um tsunami

Como já foi dito, qualquer perturbação acima ou abaixo da água têm o potencial para gerar um tsunami. Veja abaixo as etapas de formação de uma onda gigante.

  • Duas placas tectônicas se chocam provocando uma vibração.
  • Uma abertura ocasionada por um tremor no leito do mar empurra a água pra cima, dando início à onda.
  • A onda gigante se move no fundo do oceano em alta velocidade.
  • À proporção que a onda vai se aproximando da costa litorânea, ela perde velocidade e ganha altura.
  • A onda então avança sobre a costa, levando tudo que está em seu caminho.

Placas tectônicas

A Terra é divida em camadas, sendo a lisosfera a parte mais externa, rígida e resistente. Essa é uma região dividida em placas que deslizam, convergem ou se separam à proporção que se movimentam sobre a astenosfera – camada dúctil do manto que ocorre depois da litosfera. Os continentes, que estão na litosfera, se deslocam junto com as placas que estão em movimento.

Veja as principais placas tectônicas:

  • Placa Africana
  • Placa da Antártida
  • Placa Arábica
  • Placa Australiana
  • Placa das Caraíbas
  • Placa de Cocos
  • Placa Euroasiática
  • Placa das Filipinas
  • Placa Indiana
  • Placa Juan de Fuca
  • Placa de Nazca
  • Placa Norte-americana
  • Placa do Pacífico
  • Placa de Scotia
  • Placa Sul-americana
Placas tectônicas tsunami
Distribuição das placas tectônicas. (Foto: Wikimedia Commons)

Pode ocorrer tsunami no Brasil?

De todas as causas prováveis para a formação de um tsunami, a mais comum delas é resultante de terremotos. Diante dessa informação, pode-se afirmar que é difícil um fenômeno desse tipo atingir o Brasil, uma vez que o país se encontra em áreas estáveis, ou seja, dentro de uma placa geográfica. Os terremotos podem até ocorrer em locais assim, mas sem condições de gerar grandes catástrofes.

Tsunamis no mundo

Desde 2004, a Indonésia já registrou ao menos quatro tsunamis que deixaram milhares de pessoas mortas e outras centenas feridas.  

Veja agora outras ocorrências desse fenômeno no continente asiático, assim como no Chile, em 2010.

26 de dezembro de 2004

Local: Sudeste da Ásia

Um abalo sísmico de 9,3 graus, o mais forte dos últimos 40 anos, atingiu a ilha de Aceh, na ilha indonésia de Sumatra. Esse abalo provou um tsunami, que foi sentido até em locais distantes como a costa da Somália.

As ondas atingiram outros países do Oceano Índico, provocando a morte de 170.000 pessoas apenas na Indonésia, a maioria delas habitava a província de Aceh.

Nos outros países foi contabilizado 50.000 mortes, o que eleva a quantidade de vítimas para 220.000 pessoas. Esse foi um dos maiores desastres naturais da história.

De acordo com o Centro Geológico dos Estados Unidos, esse terremoto liberou uma energia equivalente a de 23.000 bombas como a lançada sobre Hiroshima.

17 de julho de 2006

Local: Indonésia

Um terremoto no fundo do mar de magnitude 7,7 graus, provocou um tsunami na costa sul da ilha de Java, deixando 654 mortos.

2 de abril de 2007

Local: Ilhas Salomão

Nesse tsunami morreram 52 pessoas, no Pacífico Sul, ocasionado por um terremoto de 8 graus de magnitude.

29 de setembro de 2009

Local: Samoa

Assim como nas Ilhas Salomão, esse tsunami também foi provocado por um tremor de 8 graus. Nesse desastre morreram 190 pessoas.

27 de fevereiro de 2010

Local: Chile

Um terremoto seguido por um tsunami atingiu a região central do Chile, provocando a morte de 520 pessoas.

25 de outubro de 2010

Local: Indonésia

Em 2010 a Indonésia foi atingida por outro tsunami, dessa vez provocado por um terremoto de 7,7 graus, no arquipélago de Mentawai, na costa de Sumatra. Nesse foi contabilizada mais de 400 mortes.

11 de março de 2011

Local: Japão

O país foi atingido por um terremoto de 9 graus, seguido por ondas gigantes que devastaram localidades inteiras ao longo da costa nordeste. Aproximadamente 19.000 pessoas morreram nessa tragédia.

Por causa do tsunami os reatores da central nuclear de Fukushima foram danificados, ocasionando o pior acidente nuclear desde o Acidente de Chernobyl em 1986.

28 de setembro de 2018

Local: Indonésia

Esse tsunami ocorreu na ilha Célebes, após um terremoto de 7,5 graus. Nesse desastre morreram 1.230 pessoas.

22 de dezembro de 2018

Local: Indonésia

Esse tsunami foi ocasionado pelo vulcão Anak Krakatoa, no estreito de Sunda. De acordo com um balanço provisório do período, 222 pessoas morreram.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Oliveira, Filipe. Tsunami; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/tsunami >. Acesso em 18 de novembro de 2019 às 20:37.

Copiar referência

Outros Artigos de Geografia

As Cataratas do Iguaçu é uma das mais exuberantes belezas naturais da bacia Platina.

Bacia Platina

A Bacia Platina, também chamada de bacia do rio da […]

A bandeira do Chile representa o país internacionalmente.

Bandeira do Chile

A Bandeira do Chile possui duas listras de igual tamanho, […]

Bacia Hidrográfica do Atlântico Leste

A Bacia Hidrográfica do Atlântico Leste está entre as doze […]

A folha de bordo compõe a bandeira do Canadá.

Bandeira do Canadá

A Bandeira do Canadá é formada por uma tribanda de […]