Tundra

Bioma mais frio do planeta

A Tundra é considerada o bioma mais frio do Planeta Terra. Nesse bioma, na maioria das vezes, a temperatura fica abaixo de zero, deixando a paisagem com aspectos muito distintos daquelas que enxergamos, por exemplo, nos biomas brasileiros.

Na Amazônia, Cerrado, Caatinga, Mata Atlântica, Pantanal, Pampa – biomas brasileiros – é frequente a presença de animais adaptados com as altas temperaturas e grandes árvores. Na Tundra, prevalece a vegetação de pequeno porte e a fauna adaptada à baixa temperatura.

As baixas temperaturas da tundra têm relação com a latitude elevada. Sendo assim, quanto mais proximidade dos polos da terra, mais baixas serão as temperaturas. A tundra pode ser encontrada nas áreas do polo, mais precisamente no Ártico, próximo ao Polo Norte. Logo, as suas espécies são acostumadas a esse clima.

Tipos de Tundra

A Tundra pode ser classificada de duas maneiras. Para isso,  leva-se em consideração a localização, o tipo de relevo e a vegetação que desenvolvem.

Tundra Alpina

Esse tipo pode ser encontrado no topo das montanhas de vários países, ela tem um solo muito poroso. Essa região é muito fria, por isso não possui árvores e seu solo tem uma boa drenagem. Lá podemos encontrar ervas, arbustos e musgos. Esse tipo de tundra é fria devido a sua altitude.

Tundra Ártica

Esse tipo fica localizado no sul do Ártico, em locais como o Canadá, Escandinávia, Alasca, Groenlândia e Sibéria. Esse tipo de bioma apresenta baixas temperaturas devido a sua latitude.

Fauna e Flora

Os animais desse bioma são resistentes ao frio, eles têm camadas de gorduras sobre a pele. Além disso, eles possuem pelos densos que os protegem. Os animais herbívoros podem criar nichos ecológicos sem grandes dificuldades: renas, lebre árticas, bois almiscarados, alces, cabras, roedores, entre outros.

Os animais que habitam esse bioma possuem a cor do pelo resultante da mudança de paisagem.

O urso é resistente ao frio e se adapta à Tundra
O urso é um dos animais característicos da Tundra. (Foto: PxHere)

Dessa forma, durante o inverno, para se camuflarem, os pelos dos bichos ficam brancos com a neve, já no verão a pelagem fica mais escura.

Perdizes e corujas formam a classe de aves comuns nesse bioma.

O permanente congelamento do solo durante o inverno dificulta o crescimento de árvores. Nesse local, a neve protege as plantas durante o inverno intenso.

O seu tipo de solo – permafrost – impede o crescimento de raízes e a absorção de nutrientes minerais. Aliando isso aos fortes ventos e a baixa temperatura, quase não existe vegetação arbustiva e arbórea.

Entretanto, alguns vegetais adaptados às baixas temperaturas conseguem se desenvolver nesse bioma. São exemplos pequenos arbustos, ervas, líquens, musgos e gramíneas.

Permafrost

Permafrost é um solo comum nas regiões polares. O solo recebe esse nome porque fica congelado por pelo menos dois anos consecutivos. Aproximadamente 1/4 do planeta está sob este tipo de solo. Sedimentos, rochas, detritos permeados por gelo, formam o solo permafrost.

Clima

O clima da nesse bioma é muito frio, as temperaturas variam de 4°C no verão até -32°C no decorrer do inverno.

Na tundra alpina a temperatura é mais amena, durante o inverno moderado a temperatura não passa dos -18°C.

Taiga

A taiga também é chamada de Floresta Boreal, ela é um bioma composto por plantas do tipo coníferas, por esse motivo também recebe o nome de Floresta de Coníferas. A taiga situa-se no Hemisfério Norte, incluindo a Ásia (Sibéria e Japão) América do Norte (Alasca, Canadá, sul da Groenlândia) e Europa (parte da Noruega, Suécia).

O clima na taiga é subártico. Lá o inverno é frio, longo, seco e as temperaturas podem chegar a -50°C. Já o verão é pequeno, úmido, os dias têm maior duração e as temperaturas podem atingir 20°C. A incidência de chuva é pouca. No verão acontece o degelo, formando lagos, pântanos e brejos. O solo é raso, desprovido de nutrientes e encoberto por folhas.

Diferente da tundra, a taiga tem um clima mais ameno no verão
No verão é possível encontrar lagos na Taiga. (Foto: Pixabay)

A Taiga vira tundra à proporção que vai ficando próximo do Polo Norte. Existe uma zona de transição entre esses biomas, nessa zona pouco a pouco vai saindo as coníferas e entrando as gramíneas e arbustos baixos característicos da tundra.

As principais coníferas da taiga são os pinheiros, abetos, larícios e espruces. Essas vegetações são adaptadas para resistir às baixas temperaturas. As folhas permanecem com o passar das estações do ano e não caem, dessa forma iniciam a fotossíntese logo que a luz solar aumenta, não tento consumo de energia para brotar novas folhas.

Entretanto, algumas coníferas possuem folhas caducifólias que perdem as folhas durante o inverno para evitar a perda de água, é o caso dos larícios.

Diferenças entre tundra e taiga

Como foi visto, a tundra fica localizada no polo norte, enquanto a taiga situa-se na área da Eurásia até o polo norte, abaixo da tundra.

No verão a taiga tem um clima agradável, diferente da tundra que continua com clima frio e a temperatura em torno de 4°C.

Foi visto também que a flora da tundra é formada por pequenos arbustos, musgos e líquens. Já a taiga possui pinheiros, abetos e árvores coníferas.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Oliveira, Filipe. Tundra; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/tundra >. Acesso em 28 de outubro de 2019 às 14:53.

Copiar referência

Outros Artigos de Geografia

As Cataratas do Iguaçu é uma das mais exuberantes belezas naturais da bacia Platina.

Bacia Platina

A Bacia Platina, também chamada de bacia do rio da […]

A bandeira do Chile representa o país internacionalmente.

Bandeira do Chile

A Bandeira do Chile possui duas listras de igual tamanho, […]

Bacia Hidrográfica do Atlântico Leste

A Bacia Hidrográfica do Atlântico Leste está entre as doze […]

A folha de bordo compõe a bandeira do Canadá.

Bandeira do Canadá

A Bandeira do Canadá é formada por uma tribanda de […]